Eu tenho um caso de amor com esse país, isso não é segredo. Vem entender um pouco mais da história do país e descobrir porque eu gostei tanto de viajar para a Polônia.

Do começo

Viajar para Polônia Varsóvia

A Polônia fica na Europa Central, mas é considerada parte do Leste europeu por razões políticas e econômicas. Ela foi devastada durante a Segunda Guerra, dividida entre Soviéticos e Alemães, resistiram bravamente, mas o resultado ainda assim foi a destruição de grandes cidades e também da população. O principal motivo: lá havia a maior concentração de judeus da Europa. Ler e falar sobre esses tristes acontecimentos me abalam até hoje, por isso gosto de lembrar o quanto o país se recuperou nos últimos anos, melhorou sua economia, tem universidades de elite e também foi onde nasceu o papa João Paulo II, Nicolau Copérnico, Marie Currie e Chopin. Temos a ilusão de que trata-se de um país pequeno, entretanto, trata-se do 9º maior país da Europa!

Documentos necessários para viajar para Polônia

É bom saber que a Polônia faz parte do Tratado de Schengen, que garante a livre circulação de pessoas em 30 países da União Europeia portando apenas o documento de identificação – passaporte no caso de brasileiros. A documentação para viajar pelo espaço coberto pelo acordo independente do país de acesso é padrão para viajar, no entanto, alguns são mais exigentes que outros – por isso eu SEMPRE tenho todos os meus comprovantes em mãos na imigração.

  • Passaporte com validade superior a 6 meses – se você ainda não tem o seu, eu explico o passo a passo para emissão nesse post;
  • Visto: brasileiros não precisam de visto para permanência de até 90 dias.
  • Seguro: obrigatório, cobertura mínima de 30.000 euros ou o equivalente em dólares para acidentes, enfermidades e repatriação. O Seguropromo um site que compara os planos das principais seguradoras. Usando nosso cupom de desconto UMPULONOMUNDO5 você ganha 5% de desconto, e se escolher pagar via boleto, mais 5%! Comprando pelo nosso link ajuda o blog a pagar os boletos, seguir viajando e produzindo conteúdo – fazemos parte do programa de afiliados.
  • Pode ser exigido ainda:
    • passagem aérea (ida e volta) com permanência máxima de 90 dias;
    • comprovante de hospedagem;
    • comprovante de meios financeiros para manter-se durante a estada.

Língua

A língua oficial é o polonês, uma das língua eslavas ocidentais, nada familiar para nós brasileiros. O inglês e alemão são atualmente ensinados nas escolas, mas não conte com pessoas falando inglês bem fora do eixo turístico das principais cidades da Polônia.

Moeda

O zloty é a moeda oficial da Polônia, que tem cotação aproximada de 1 x1 com o real (2020).

Quanto custa viajar para Polônia

Como sempre, esse aspecto é muito relativo. Eu considero a Polônia um país muito barato para se viajar. O ideal é calcular a média de gastos diários em euro – eu costumo fazer uma média de 50 euros por dia e uso para alimentação, ingressos, transporte e algum souvenir – e na Polônia isso deve ser mais do que suficiente. Fora isso, há os deslocamentos entre  as cidades – trem e ônibus funcionam muito bem, para viajar por trechos mais longos que 5h considere usar voo – e hospedagem, cerca de R$250 por casal / noite.

Para referência, você pode usar o Quanto Custa Viajar – site que estima o custo da viagem de acordo com o destino.

Quando viajar para Polônia

Viajar para Polônia Cracóvia no invernoO inverno é bem rigoroso na Polônia, então, a não ser que você realmente goste de frio ou esteja indo esquiar, não recomendo viajar em janeiro e fevereiro. Além do frio, nessa época os dias ficam bem curtos, o que pode ser um problema para alguns – mas não para mim!

No verão há vida por todo lado, parques e lagos cheios e a temperatura pode chegar na casa dos 30ºC. 

As estações intermediárias são as minhas preferidas: temperatura agradável e cores quentes.

Eu viajei para lá uma vez em novembro e outra em dezembro: mesmo no início de novembro o frio já era intenso, mas já havia também mercados de natal espalhados por todo canto, aquecedores nas áreas externas dos bares e restaurantes e pessoas acolhedoras. Em dezembro a neve caía e a cidade estava branquinha, mas o frio ainda não era extremo.

Mala para Polônia

A sua mala depende da época que você irá viajar. Ainda assim a resposta padrão também funciona no país: calçados confortáveis para longas caminhadas, roupas frescas no verão, use um bom casaco e camadas se viajar no inverno. Sempre vale a pena consultar a previsão  do tempo na hora de arrumar as malas – uso o Accuweather pra isso.

Compras

Vodka! Faça degustação e traga algumas garrafas de vodka artesanal saborizada para casa, você não vai se arrepender!

Transporte

No que diz respeito ao transporte entre cidades, os trens funcionam, mas eu prefiro os ônibus, até mesmo para cruzar fronteiras – República Tcheca, Alemanha. Para trechos mais longos que 5h use voos, a não ser que você tenha muito tempo disponível. 

O transporte público funciona super bem, mas pesquise antes, principalmente para ir dos aeroportos até o centro da cidade – pedir informação pode não ser tão simples, as pessoas tem boa vontade, mas muitas não falarão inglês. Dentro das cidades eu prefiro caminhar – mesmo da estação de trem e metro na Cracóvia até nosso hotel não levamos nem 20 minutos caminhando.

Como viajar para Polônia

Do Brasil: 

Não há voos diretos do Brasil para Polônia, você vai ter que passar por um dos grandes hubs da Europa, por isso, você pode ir de Latam, Condor e Lufhtansa, Alitalia, Air France, KLM, TAP, Iberia, Lufthansa, Swiss, British Airways, Azul e Air Maroc também te levam até lá. 

Da Europa:

Viajar para Polônia Cracócia Stare Miasto

Uma vez na Europa, companhias low cost são uma ótima opção, mas atente às taxas cobradas, ao valor da inclusão da bagagem despachada – muitas vezes mais caro que o bilhete em si -, à distância do aeroporto de chegada ao centro – muitas low costs operam em aeroportos menores e com menos estrutura – e considere o tempo que você levará para deslocar de/para o aeroporto – lembre-se que você precisa estar pelo menos duas horas antes do voo no aeroporto. 

Se você estiver em alguma cidade não tão distante (até 5h de carro ou trem), trem ou ônibus são boas opções. Nesses casos é preciso comparar o preço e tempo de deslocamento. O trem tem seu charme, mas o preço pode ser muito mais alto que o ônibus. Por outro lado, alguns são de alta velocidade e compensam nesse quesito. Compare direitinho elas!

Já usei ônibus da Eurolines, Student Agency, Flixbus e Regiojet na Europa e não tive problemas.

A viagem para Polônia combina muito com Alemanha, confere aqui!

Ficou com mais alguma dúvida? Deixe nos comentários que eu vou adorar te responder!

Siga o Um Pulo nas redes sociais! É no Instagram que consigo interagir mais com vocês.

[seguros_promo_shortcode ideal_para=”1″ ideal_para_lbl=”Europa” tags=”Europa” theme=”card-medium” coupon=”UMPULONOMUNDO5″ show_logo=”false”/]

 

passagens-promo
Passagens aéreas saindo de
Tap GRU São Paulo MAD Madri 07 Ago 25 Ago R$ 4377 Latam Brasil GRU São Paulo BER Berlim 26 Ago 09 Set R$ 4535 Air Europa GRU São Paulo LIS Lisboa 16 Ago 31 Ago R$ 4676 Tap GRU São Paulo LIS Lisboa 10 Ago 17 Ago R$ 4855 Tap GRU São Paulo FCO Roma 08 Ago 15 Ago R$ 4881 Latam Brasil GRU São Paulo CDG Paris 18 Ago 25 Ago R$ 6174 Ver mais ofertas

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: